1 / 4

Doação / Adoção responsável

Publicado em 02/05 às 06:51
Descrição

Este anúncio é para apresentar à vocês ,a Mary ,uma gatinha maravilhosa , como todos os que Deus colocou em meu caminho até o presente instante . A Mary foi acolhida pelo meu irmão em meados de 2019 .Ele cuidava com bastante carinho ,mas nunca tirou as pulgas nem cuidou exclusivamente dela, dentro de casa e nessas saídas ela ficou prenha tendo 5 filhotes no dia 12 de dezembro de 2019 . Eu doei três deles e meu irmão ficou com dois . Eu sempre falei pra ele doar os outros dois e até mesmo a Mary porque , ele mal tinha condições de cuidar dele próprio . Desempregado ,fazia apenas alguns "bicos" que surgiam então , apesar do amor, não tinha condições de cuidar adequadamente dos pequenos com o mínimo conforto que eles mereciam . A namorada dele supria com ração e às vezes com areia ,mas na maior parte das vezes ,eles faziam as necessidades no chão do banheiro dele. Única coisa que o meu irmão nunca deixou faltar ,foi bastante amor ,mimo e cafuné. Demais coisas eu achava precário e triste .Mas não podia fazer nada por força . Por muitos anos meu irmão foi usuário de drogas .O internamos algumas vezes ,ele sempre dava um jeito de sair ,desistir e voltava a antiga vida .Viveu na rua por mais de 15 anos e quando ele bebia ,se tornava bastante violento ..Por isso ,em meados de 2018 quando ele disse que aceitaria ajuda e que estava disposto a mudar ,de novo ,eu e a namorada dele arranjamos tudo pra que fosse internado e assim foi. Depois que ele saiu , a namorada dele alugou uma casa pra ele morar,eu dei toda a mobília e foi aí que ele conheceu a gatinha Mary e cuidou dos filhotes quando nasceram ..Eu paguei a castração e ele seguiu cuidando deles até dezembro do ano passado quando voltou a usar drogas ,a beber e a ser violento ..A namorada dele desistiu da relação e com tanta coisa errada na vida dele , os gatinhos ficaram em último plano . Eu soube depois que a Mary saia pra dar as famosas voltinhas e as vezes ficava mais de 3 dias na rua. Os dois filhotes ficavam dentro de casa,nem sempre com comida . Quando a dona da casa conseguiu meu telefone e me ligou no dia 12/12 de 2020 ( exatamente um ano após o nascimento dos pequenos ) eu os encontrei tarde da noite , numa casa sem energia ,alagada ,sem comida ,magros e assustados . Chorei demais ao encontra-los naquela situação . Trouxe os gatinhos pra minha casa e pedi a proprietária da casa se , poderia ficar de olho no caso da Mary voltar ,prender ela e me ligar que eu iria buscá-la. Foi o que aconteceu já no dia seguinte ,graças a Deus. Ela estava muito, mas muito magra mesmo .Fiquei angustiada no trajeto porque ela estava rosnando alto e fazendo uns grunhidos que , interpretei como defensiva por medo ,já que ela sempre foi extremamente doce e calma. Quando chegamos em casa ,ela comia desesperada e rosnava ,mas não me atacava ,era só uma defesa mesmo .Constatei a magreza que ela estava ,meu Deus ..como estava magra ,suja e as pulgas a devoravam . Coloquei ela sozinha no meu banheiro que é bem espaçoso , com tudo que ela precisava para estar segura e confortável .Dei banho no dia seguinte ,comprei Advocate e vermifuguei . Aos poucos e quando eu estava em casa ,fui soltando ela aos poucos para ver como seria o contato com os demais gatos da casa .Ela se adaptou rapidamente e logo foi ganhando peso . Hoje está linda e é uma das gatas mais educadas que já resgatei .Gosta de carinho ,as vezes me acorda encostando sua carinha no meu rosto ou esfregando sua cabeça na minha mão ,quando ainda estou dormindo . Dificilmente eu escuto ela miar e quando escuto é um miadinho tão diferente que parece mais um grunhidinho de passarinho ,rs.. As vezes ela faz o mesmo barulho quando está brincando com uma bolinha na boca ,carregando de um lado para o outro . Sei que,como eu , ela vai sofrer pela ausência mas ,ela merece ter um lar melhor onde estará segura ,sem acesso a rua ,com água fresca ,areia limpa ,caminha quentinha ,uma boa ração ,muito amor e carinho . Ela é muito especial .Apesar de tanta privação ,ela e os pequenos ,receberam muito amor e carinho do meu irmão . Não quero pra eles ,nada diferente disso : amor ,conforto e segurança. Penso que, numa casa onde eles sejam exclusividade , terão o amor exclusivo que eu não posso dar a eles . Estou com 14 gatos no total .Meus ,mesmo ,são 7 e eles estão adquirindo atitudes estranhas e brigam muito entre si,o que me preocupa demais . Vou entregar a Mary ,seja sozinha ou com os filhos , depois de uma minuciosa entrevista ,assinatura de um contrato e conhecer o local onde irão viver . Perfeito mesmo seria se fossem os três juntos e exclusivos para uma casa ,onde não tivessem outro animalzinho , para juntos ,os três , se apoiarem um no outro .Darem e receberem amor . Se estiver disposto ,me chama .Marcamos um momento para o conhecimento dessas jóias já tão sofridas e especiais . Me conte da sua experiência com gatos ,seus planos para ela e se está tudo bem pra você me manter informada quando a sua adaptação ,seja pelo tempo que for . Também vou precisar do reembolso da castração ( 120,00 ) para que eu possa continuar fazendo o trabalho de resgate que faço . Se você não concordar com esse reembolso , pergunte a si mesmo e responda se de fato está pronto para essa decisão de adotar um animalzinho. Não aceitando me reembolsar ,como pretende cuidar de um serzinho que dependerá tanto de você ? Terá gastos com ela ,vacinas ,areia e ração de qualidade e também precisará estar precavido monetariamente se ela precisar de uma visita inesperada ao veterinário.É como uma criança ,nunca sabemos quando terão uma febre ou indisposição. Abraços e obrigada por seu tempo .

Detalhes
Localização
CEP
81010286
Município
Curitiba
Bairro
Guaíra
Publicado em 02/05 às 06:51-cód. 876414179
Anunciante
Dicas de segurança
Irregularidades no anúncio?Denunciar
Dicas de segurança
O comércio ilegal de animais da fauna silvestre é crime. Consulte o IBAMAVer todas as dicas.